POSIÇÃO PRONA EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Marjorie França Benjamin, Aline da Conceição Santos, Alyne Chubert Salvador, Marcílio Abraços Jorge

Resumo


Utilizamos como estratégia uma seleção de decúbitos para tratamento e reverter o quadro de diversas enfermidades, diante disso, a posição prona (decúbito ventral) é uma manobra utilizada para combater a hipoxemia nos pacientes com síndrome do desconforto respiratório agudo que é caracterizada por inflamação do parênquima pulmonar, acúmulo de líquido mais especificamente nos alvéolos, presença do colapso que piora a oxigenação contribuindo para a má perfusão e hipoxemia. Pode-se então afirmar que com o posicionamento ventral a distribuição do ar e sangue é liberada devido ao efeito gravitacional ocasionando o alívio do colapso e descompressão do coração e compartimento abdominal trazendo benefícios ao paciente, contudo, a posição também apresenta riscos no qual cabe ser avaliado a real necessidade do procedimento.

PRONA POSITION IN INTENSIVE THERAPY UNIT

We used as strategy a selection of decubits for treatment and to reverse the picture of various diseases, in view of this, the prone position (ventral decubitus) is a maneuver used to combat hypoxemia in patients with acute respiratory distress syndrome that is characterized by inflammation of the pulmonary parenchyma, fluid accumulation more specifically in the alveoli, presence of collapse that worsens oxygenation contributing to poor perfusion and hypoxemia.It can then be said that with ventral positioning the distribution of air and blood is released due to the gravitational effect causing relief of collapse and decompression of the heart and abdominal compartment bringing benefits to the patient, however, the position also presents risks in which the real need of the procedure can be evaluated.


Palavras-chave


prona; síndrome do desconforto respiratório agudo; decúbito ventral; unidade de terapia intensiva; ventilação mecânica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.