LESÃO DE MOREL-LAVALLÉE NO JOELHO – UM ACHADO INCOMUM

Márcio Luís Duarte, Bruno Fernandes Barros Brehme de Abreu, André de Queiroz Pereira da Silva, José Luiz Masson de Almeida Prado, Marcelo de Queiroz Pereira da Silva

Resumo


A lesão Morel-Lavallée (LML) é uma lesão de tecido mole após um trauma, que ocorre entre o tecido subcutâneo e a fáscia subjacente, descrita pela primeira vez pelo médico francês Maurice Morel-Lavallée em 1853. É tipicamente causada por uma tensão de cisalhamento, que pode perfurar vasos sanguíneos entre estas duas camadas e levar à criação de espaços potenciais que podem se encher de sangue, linfa, detritos e gordura necrótica, sendo mais comumente associada a fraturas da pelve e acetábulo, mas também pode ocorrer com lesões por esmagamento de baixa velocidade em vários locais.


Palavras-chave


Lesão de Morel-Lavallée; Joelho; Ressonância magnética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 01 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 01 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 01 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 01 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.