Intercorrências respiratórias em recém-nascidos prematuros de baixo peso

Julia Alves Utyama, Vanessa Oliveira Rompinelli, Nathália Macedo Mesquita Freitas, Ellen de Oliveira Dantas, Vera Esteves Vagnozzi Rullo

Resumo


Objetivo: avaliar intercorrências respiratórias de recém-nascidos prematuros de baixo peso acompanhados no ambulatório do Hospital Guilherme Álvaro até  seis meses de vida e identificar fatores associados. Métodos: Realizou-se coorte prospectivo com recém-nascidos prematuros baixo peso nascidos e acompanhados no Ambulatório do Hospital Guilherme Álvaro. Dados obtidos de prontuários e consultas médicas, e questionário às mães. Utilizou-se o teste de Fisher,com nível de significância de 5%. Resultados:A amostra compreendeu 28 prematuros, 64,3% com idade gestacional >34 semanas e 35,7% com peso ao nascer <1500g. Ao acompanhamento, 85,7% das crianças apresentaram intercorrência respiratória, 14,6% dos recém-nascidos apresentaram pneumonia e 17,8% necessitaram de internação. Conclusão:A maioria das crianças apresentaram intercorrência respiratória nos primeiros seis meses de vida.O conhecimento da morbidade respiratória nessa população é importante para seguimento,prevenção e tratamento adequados.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 15 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.