RESULTADO PERINATAL DOS RECÉM-NASCIDOS EM RELAÇÃO AO ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA (IMC) MATERNO NO MOMENTO DO PARTO EM UM HOSPITAL TERCIÀRIO DA BAIXADA SANTISTA

Claudia Carneiro de Aguiar Augusto, Estela Catarina Rodrigues, Francielly Luciany de Souza da Cruz, Gabriela Ueda de Guarnieri, João Augusto Fragasse Venancio, Laryssa Vivi Carniello, Maria Célia Cunha Ciaccia, Vera Esteves Vagnozzi Rullo

Resumo


INTRODUÇÃO: A obesidade é fator de risco que confere pior prognóstico durante a gravidez. Várias são as implicações para a saúde tanto materna como do recém-nascido. OBJETIVO: Avaliar os desfechos perinatais dos recém nascidos de mães com excesso de peso comparando-os com as de baixo e adequado peso, atendidos em um Hospital Terciário Público da Baixada Santista. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal retrospectivo, tendo sido incluídas as parturientes e seus respectivos recém-nascidos atendidos no período de junho a agosto de 2013. Os dados foram coletados por meio de prontuários e busca ativa das pacientes. RESULTADOS: Foi encontrada uma prevalência de 51,83% (99/191) de gestantes, no momento do parto, com sobrepeso ou obesidade. Os recém nascidos classificados como Pequenos para Idade Gestacional ou Grande para Idade Gestacional foram mais prevalentes nas mães com sobrepeso/obesidade. O mesmo ocorre com a via de parto, tendo aumento do número de partos cesáreas nas mães com excesso de peso. Não houve associação entre a avaliação nutricional da mãe com as variáveis: idade gestacional, apgar do primeiro e quinto minutos e desfecho para Unidade de Terapia Intensiva, óbito ou alta hospitalar do recém-nascido. CONCLUSÕES: Conclui-se, nesse estudo, que o excesso de peso materno tem influencia nas condições de saúde do recém nascido como tamanho para idade gestacional e, também, aumenta a prevalência do tipo de parto cesárea.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.