MERCOSUL: O SEU DESENVOLVIMENTO EM SUA PRIMEIRA DÉCADA (1991- 2001)

Bruna Ataides Oliveira, Pedro Paulo Bocca

Resumo


Certamente ainda existem pontos de conflito e discordâncias entre os

países membros, a complexidade do relacionamento entre as nações deste bloco,

devido às assimetrias do tamanho das economias, onde os países menores se

sentem prejudicados e a falta de apoio das economias maiores para o

desenvolvimento do país. Porém esses não devem ser encarados com pessimismo,

pois fazem parte do processo. Hoje, percebe-se um grande avanço nas questões

políticos e econômicas do MERCOSUL. Espera-se que o bloco ultrapasse essas

barreiras e comece a funcionar plenamente e possibilite a entrada de novos

parceiros da América do Sul. Iniciando assim, uma integração econômica bem

sucedida, aumentando as taxas de desenvolvimento dos países membros, além de

facilitar as relações comerciais entre o MERCOSUL e outros blocos econômicos,

como o NAFTA e a União Europeia.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 15 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.