Riscos em Gravidezes Múltiplas

Andressa Fernandes Matos, Ethyene Cristina Aguirre de Lima, Matheus Teodosio Alves, Frederico Kauffmann Barbosa

Resumo


Há duas formas de se ocorrer uma gravidez múltipla, a primeira é por meio da liberação de dois óvulos que serão fecundados, cada um, por um espermatozoide, assim os embriões serão gêmeos fraternos, cada qual irá se implantar no útero de forma independente do outro e terão suas próprias bolsas d’água. A segunda forma de ocorrer uma gestação gemelar é quando um óvulo é fecundado por um espermatozoide, e nas clivagens do zigoto irá se fragmentar em duas porções. Estes embriões irão dividir uma única placenta e bolsa d’água. Com mais de dois fetos podem ocorrer ambas as formas. Pode haver riscos tanto para a mãe quanto para os bebês, a mãe pode apresentar quadro de hipertensão arterial, diabetes e os bebês podem apresentar má formação fetal além de problemas na hora do parto, que geralmente é prematuro. Para amenizar estes risco é aconselhado que a mãe não passe por estresse, se alimente bem e hidrate-se regularmente, além de ter um acompanhamento maior de seu médico.  

 

 

Palavras-chaves: óvulos; gravidez múltipla; gestação gemelar; fecundação; riscos.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ABORTO espontâneo. 2015. Disponível em:. Acesso em: 13 out. 2015;

DIÓGENES, Daniel. Síndrome de Transfusão Feto-Fetal. 2011. Disponível em

. Acesso em: 15 out. 2015;

GH, Breborowicz et al. Variableoutcome in quintupletspregnancybasedonobstetriccare. Twin Res Hum Genet, Austrália, v. 14, n. 6, p.1-1, dez. 2011. Disponível em: . Acesso em: 5 jun. 2015;

PATRÍCIA. Gravidez de Gêmeos – Quais Mudanças Esperar no Corpo da Gestante? 2014. Disponível em: . Acesso em: 15 out. 2015;

POSSÍVEIS complicações na gravidez múltipla. 2015. Disponível em: . Acesso em: 08 out. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 30 de junho
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 30 de setembro
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 31 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.