Estado nutricional das crianças matriculadas em creches no município de Bertioga

Priscila Vieira Tonello, Gabriela Francis Simão, Raíssa Motta, Paula Henneberg Benemond, Francisco José Pellegrini de Souza Pinto, Maria Célia Ciaccia, Vera Esteves Vagnozzi Rullo

Resumo


Objetivos: Avaliar o estado nutricional de crianças de 6 meses a 3 anos incompletos, matriculadas em creches no município de Bertioga e correlacionar as variáveis socioeconômicas e demográficas associadas. Métodos: Estudo transversal, realizado no período de fevereiro de 2013, quando foram aplicados 386 questionários aos responsáveis e realizadas as medidas antropométricas de peso e comprimento das crianças. Foram utilizados os índices antropométricos medidos em Z-escore, seguindo as Curvas de Referência da OMS 2006. Resultados: Houve uma prevalência de 71,50% de eutrofia, 1,81% de magreza, 0,52% de magreza acentuada, 19,17% de risco de sobrepeso, 4,66% de sobrepeso e 0,77% de obesidade. Conclusão: As crianças apresentaram-se, em sua maioria, como eutróficas, porém, houve proporções consideráveis, de sobrepeso e obesidade. As variáveis socioeconômicas e demográficas estudadas não influenciaram na avaliação nutricional.

Palavras-chave: nutrição, índice antropométrico, estatura, pré-escolar, lactente.

 


Texto completo:

PDF

Referências


- Mello ED. O que significa a avaliação do estado nutricional. Jornal de Pediatria.2002;78(5):357.

- Tuma RCFB, Costa THM, Schmitz BAS. Avaliação antropométrica e dietética de pré-escolares em creches de Brasília, Distrito Federal. Revista Brasileira de Saúde materno Infantil.2005;5(4):419-28.

- Martino HSD, Ferreira CA, Pereira CNA, Silva RR. Avaliação antropométrica e análise dietética de pré-escolares em centros educacionais municipais no sul de Minas Gerais. Ciências e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro. 2010;15(2):551-8.

- Frota MA, Pasco EG, Bezerra MDM. Má alimentação: fator que influencia na aprendizagem de crianças de uma escola pública. Revista APS, Fortaleza. 2009;12(3):278-84.

- Castro TG, Novaes JF, Silva MR, Costa NMB, Franceschini SCC, Tinôco ALA, Leal PLG. Caracterização do consumo alimentar, ambiente socioeconômico e estado nutricional de pré-escolares de creches municipais. Revista de Nutrição, Campinas. 2005;18(3):321-30.

- Barbosa RMS, Carvalho CGN, Franco VC, Salles-Costa R, Soares EA. Avaliação do consumo alimentar de crianças pertencentes a uma creche filantrópica na Ilha de Paquetá, Rio de Janeiro, Brasil. Rev Bras de Saúde Materno Infantil, Recife 2006;6(1):127-34.

- Sociedade Brasileira de Pediatria. Avaliação Nutricional da Criança e do Adolescente: Manual de Orientação. Departamento de Nutrologia.2009.

- Modesto SP, Devincenzi UM, Sigulem DM. Práticas alimentares e estado nutricional de crianças no segundo semestre de vida atendidas na rede pública de saúde. Revista de Nutrição, Campinas. 2007;20(4):405-15.

- Silva GAP, Balaban G, Freitas MMV, Baracho JDS, Nascimento EMM. Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças pré-escolares matriculadas em duas escolas particulares de Recife, Pernambuco. Rev Bras de Saúde Materno Infantil. 2003;3(3): 323-7.

- Damaceno RJP, Martins PA, Devincenzi UM. Estado nutricional de crianças atendidas na rede pública de saúde do município de Santos. Rev Paul Pediatr 2009;27(2): 139-147.

- Ministério da Saúde (Brasil), Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher – PNDS 2006 : dimensões do processo reprodutivo e da saúde da criança/ Ministério da Saúde, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. Brasília : Ministério da Saúde, 2009.

- Ministério da Saúde (Brasil), Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAM), Secretaria de Atenção e Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde,2011.

- Fagundes U, Oliva CAG, Fagundes-Neto U. Avaliação do estado nutricional das crianças índias do Alto Xingu. J Pediatr. 2002;78(5):383-8.

- Dallabona A, Cabral SC, Höfelman DA. Variáveis infantis e maternas associadas à presença de sobrepeso em crianças de creches. Rev Paul Pediatr. 2010;28(4):304-13.

- Zöllner CC, Fisberg RM. Estado nutricional e sua relação com fatores biológicos, sociais e demográficos de crianças assistidas em creches da Prefeitura do Município de São Paulo. Rev Bras Saúde Matern Infant. 2006;6:319-28.

- Tuma RC, da Costa TH, Schimitiz BA. Avaliação antropométrica e dietética de pré-escolares em três creches de Brasília, Distrito Federal. Rev Bras Saúde Matern Infant. 2005;5:419-28.

- Jesus GM, Vieira GO, Vieira TO, Martins CC, Mendes CMC, Castelão ES. J Pediatr. 2010;86(4):311-16.

- Pinho CPS, Silva JEM, Silva ACG, Araújo NNA, Fernandes CE, Pinto FCL. Avaliação antropométrica de crianças em creches do município de Bezerros, PE. Rev Paul Pediatr. 2010;28(3):315-21.

- Adami F, Vasconcelos FAG. Childhood and adolescent obesity and adult mortality: a systematic review of cohort studies. Cad Saúde Pública. 2008;24:558-68.

- Ricco RC, Ricco RG, Almeida CAN, Ramos APP. Estudo comparativo de fatores de risco em crianças e adolescentes com diagnóstico antropométrico de sobrepeso ou obesidade. Rev Paul Pediatr. 2010;28(4):320-5.

- Fernandes IT, Gallo PR, Advincula AO. Avaliação antropométrica de pré-escolares do município de Mogi-Guaçú, São Paulo: subsídio para políticas públicas de saúde. Ver Brás Saúde Matern Infant. 2006;6(2):217-22.

- Rossi CE, Vasconcelos FAG. Peso ao nascer e obesidade em crianças e adolescentes : uma revisão sistemática. Rev Bras Epidemiol. 2010;13(2):246-58.

- Simon VGN, Souza JMP, Souza SB. Aleitamento materno, alimentação complementar, sobrepeso e obesidade em pré-escolares. Rev Saúde Publica 2009;43(1):60-9.

- Ferraria N, Rodrigues V, Macedo L. Aleitamento materno e excesso de peso em crianças na idade escolar. Scientia Medica. 2013;23(2):75-81.

- Olinto MTA, Victora CG, Barros FC, Tomasi E. Determinantes da desnutrição infantil em uma população de baixa renda: um modelo de análise hierarquizado. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 9, supl. 1, p. 14-27, 1993.

- Vieira ML, Bicalho GG, Silva JL, Barros Filho AA. Growth and development of children of adolescent mothers during the first year of life. Rev Paul Pediatr 2007; 25:343-8.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 15 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.