ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO EM UMA UNIDADE DE QUEIMADOS

Amanda Aparecida Costa dos Santos, Karen Sayuri Nakama, Mariana Helena Lima Sant'anna, Frederico Kauffmann Barbosa

Resumo


A preocupação do ser humano com sua estética após um acidente por queimadura comprova que ela está entre os traumas mais graves. Os agentes causadores agem no tecido podendo atingir mucosas, músculos, vasos sanguíneos, nervos e ossos. Podem se apresentar de forma superficial ou profunda e estão classificadas conforme o grau da lesão e pela extensão da área atingida. O profissional da enfermagem tem papel primordial no tratamento de um paciente queimado, pois além de oferecer serviço qualificado observa os agentes causadores, inspeciona a profundidade e o grau de comprometimento, tem conhecimento sobre os tipos de cicatrização da pele e os tipos de tratamentos a serem desenvolvidos participam durante a assistência e realização de procedimentos oferecendo total cuidado ao paciente com o principal objetivo de diminuir as dores físicas. Atua de forma direta desenvolvendo um trabalho psicológico de aceitação de forma que contribua no tratamento e na reabilitação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.