A Importância da amamentação

Beatriz Aparecida da Silva, Beatriz Cappas Faria, Mislene Nascimento da Silva, Frederico Kauffmann Barbosa

Resumo


O aleitamento materno é fundamental nos primeiros meses de vida de um recém-nascido. Ele é de suma importância para o desenvolvimento saudável de uma criança por conter vitaminas, mineiras, gorduras, açucares e proteínas completas que são apropriadas de acordo com a necessidade do organismo do bebê contendo substâncias nutritivas e de defesa produzido adequadamente para o estomago do recém-nascido, quais benefícios não estão presentes em leites artificiais. O leite materno, além de saudável, é limpo e está pronto a qualquer hora, e na temperatura certa, sem conter nenhum custo financeiro. Ainda se faz notório que o aleitamento materno trás inúmeros benefícios não somente a criança mas a sua família aumentando os laços entre mãe e filho, e contribuindo para uma boa recuperação pós parto. É necessário que a mãe receba orientação de um profissional da saúde nas primeiras horas da primeira amamentação, para que esta, seja efetuada de forma correta. A Sucção deve ser realizada de forma cuidadosa, pois ela é o primeiro estimulo responsável pelo crescimento facial e desenvolvimento da mandíbula para que ao passar do tempo o bebê consiga se alimentar de alimentos sólidos. O intuito deste trabalho é conscientizar as mães de primeira viagem e mães que já embarcaram na vida de mãe e filho, com a preocupação do dia-dia esquecem-se de ressaltar sobre os benefícios que o aleitamento materno pode proporcionar desde os primeiros dias de vida de seu bebê. Optando por leites industrializados no qual oferece mais praticidade no dia-dia da mãe, é importante ressaltar os riscos oferecidos pelo leite artificial que apesar de prático apresenta malefícios que desencadearão possíveis problemas a saúde da criança. É de suma importância que as mães adquiram através de profissionais da área da saúde percepções mais claras sobre a grande riqueza que aleitamento materno oferece a saúde do bebê e da mãe. Informando as famílias sobre as complicações que o leite artificial, apesar de ágil e apto a vida da mãe, pode acarretar futuramente no desenvolvimento da criança.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.