A eficácia da terapia manual para dor em pacientes com síndrome do impacto do ombro.

Carolina Almeida Braga, Pedro Henrique de Medeiros, Raíssa dos Santos, Luan de Oliveira, Marcus Vinícius Gonçalves Torres Azevedo

Resumo


Objetivo: Eficácia do tratamento com terapia manual comparada a outros métodos para dor em pacientes com síndrome do impacto do ombro.

Método: Pesquisa com base de dados PEDRO e PUBMEB. Sendo utilizada as palavras chaves: ombro, terapia manual e dor, em português e inglês.

Resultados: foram encontrados 39 artigos, sendo selecionados 10 que atenderam aos critérios de inclusão. A maioria dos autores relataram melhora significativa da dor quando utilizadas técnicas de terapia manual (Maitland, massagens, manipulação, mobilizações e liberação de pontos gatilho) como tratamento.

Conclusão: O tratamento utilizando a terapia manual trás resultados a longo  (12 semanas) e a curto (48horas) prazo quando comparados a grupo controle e placebo , já associado a cinesioterapia e exercícios feitos em casa produzem uma resposta mais eficaz . Ainda são necessárias mais pesquisas a serem realizadas para uma melhor abordagem do assunto.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.