PORTO DE SANTOS: IMPACTOS AMBIENTAIS E MELHORES PRÁTICAS NO SEGMENTO PORTUÁRIO

Fabricio Silvio Espirito Santo Tauyl, Claudia Kauffmann Barbosa

Resumo


Este artigo teve como objetivo mostrar a importância da boa gestão ambiental no setor portuário, com foco e relevância em apontar conceitos e administrar os impactos ambientais nas atividades do setor portuário. Utilizou-se como referência, algumas empresas de grande porte e que tem foco na gestão ambiental, além da experiência própria vivida pelo autor ao longo da sua jornada profissional no setor portuário. O resultado obtido na análise de gestão foi satisfatório ao longo da pesquisa, pois pudemos ver que as empresas, com o passar dos anos, estão cada dia mais preocupadas com a questão ambiental. Ainda existem desafios a serem vencidos, porém, com boas práticas, indicadores e programas em prol do meio ambiente. 

PORT OF SANTOS: ENVIRONMENTAL IMPACTS AND BEST PRACTICES IN THE PORT SEGMENT

This article aimed to show the importance of good environmental management in the port sector, with focus and relevance in pointing out concepts and managing environmental impacts in the activities of the port sector. It was used as a reference, some large companies that focus on environmental management, in addition to the author's own experience throughout his professional journey in the port sector. The result obtained in the management analysis was satisfactory throughout the research, because we could see that companies, over the years, are increasingly concerned with the environmental issue. There are still challenges to be overcome, however, with good practices, indicators, and programs in favor of the environment.


Palavras-chave


gestão ambiental; impacto ambiental; setor portuário

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 15 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.