ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA NA FIBROSE PULMONAR IDIOPÁTICA: REVISÃO SISTEMÁTICA

Pedro Antônio Pires de Jesus, Neusa Maria Perez da Silva, Kaynara Ferreira do Nascimento, André Benetti da Fonseca Maia, Luiz Ricardo Nemoto de Barcellos Ferreira, Ana Cláudia Tomazetti de Oliveira, Karina Martin Rodrigues Silva

Resumo


Introdução: A fibrose pulmonar idiopática (FPI) cuja causa é desconhecida acomete o parênquima pulmonar de forma progressiva, caracterizando-se por uma infiltração celular inflamatória crônica e variáveis graus de fibrose intersticial, mostrando uma série de características clínicas, radiológicas e fisiopatológicas particulares. O tratamento de fisioterapia, ou processo de reabilitação pulmonar, tem como objetivo, melhorar a tolerância ao exercício e o treinamento físico, que por causa da doença tem uma diminuição progressiva. Objetivo: revisar as técnicas e recursos utilizados no tratamento fisioterapêutico da fibrose pulmonar idiopática. Metodologia: o estudo proposto consiste em uma revisão literária sistemática de artigos acadêmicos sobre o tratamento para pacientes que possuam a fibrose pulmonar idiopática e tem por objetivo reunir, avaliar criticamente e conduzir uma atualização contendo as últimas evidências científicas. Resultados: Foram recrutados 40 artigos nas bases de dados eletrônicos: Scielo, Pubmed e PEDro. Desses artigos, foram excluídos 32, pois não atendiam os critérios de inclusão deste estudo, sobrando apenas oito artigos, que foram possíveis de serem listados e discutidos. Discussão: A reabilitação pulmonar apresentada nos estudos que foram recrutados demonstraram resultados significativos para os pacientes com FPI, minimizando os sintomas e assim, promovendo uma melhor qualidade de vida. Conclusão: A fisioterapia tem demonstrado resultados positivos na FPI, porém notou-se uma carência de estudos atuais que relatam a eficácia da reabilitação pulmonar nos pacientes portadores dessa doença.

PHYSIOTHERAPEUTIC ACTION IN IDIOPATHIC PULMONARY FIBROSIS: SYSTEMATIC REVIEW

Introduction: Idiopathic pulmonary fibrosis (IFP) whose cause is unknown progressively affects the lung parenchyma, characterized by chronic inflammatory cell infiltration and varying degrees of interstitial fibrosis, showing several particular clinical, radiological and pathophysiological characteristics. The physiotherapy treatment, or lung rehabilitation process, aims to improve exercise tolerance and physical training, which because of the disease has a progressive decrease. Objective: To review the techniques and resources used in the physiotherapeutic treatment of idiopathic pulmonary fibrosis. Methodology: the proposed study consists of a systematic literature review of academic articles on the treatment of patients with idiopathic pulmonary fibrosis and aims to gather, critically evaluate and conduct an update containing the latest scientific evidence. Results: 40 articles were recruited from the electronic databases: Scielo, Pubmed and PEDro. Of those articles, 32 were excluded because they did not meet the inclusion criteria of this study, leaving only eight articles, which were possible to be listed and discussed. Discussion: Pulmonary rehabilitation presented in the studies that were recruited showed significant results for patients with IPF, minimizing symptoms and thus promoting a better quality of life. Conclusion: Physiotherapy has shown positive results in IPF, but there has been a lack of current studies that report the effectiveness of pulmonary rehabilitation in patients with this disease.


Palavras-chave


fibrose pulmonar idiopática; tratamento; fisioterapia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 15 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.