Estudo dos achados anatomopatológicos e parâmetros clínicos no diagnóstico da apendicite aguda

Ana Carolina Ottaiano, Ana Paula Migliore, Beatriz Balestrin Cestare, Beatriz Fernandes Trentin, Gizella Ramalho Zanardi, Lívia Yumi Maruoka Nishi, Luciana Migliore, Natalia Oliveira Trajano da Silva, Nathaly Franco, Rafael Kocinas, Leda Viegas de Carvalho

Resumo


A apendicite aguda é uma condição inflamatória resultante da obstrução da luz apendicular por hiperplasia de tecido linfoide, fecalitos, vermes e neoplasias, e mais raramente decorrente de infecção primária no apêndice. Seu diagnóstico é baseado no exame clínico, exames laboratoriais e de imagem. Existem apresentações clínicas atípicas onde os critérios de diagnósticos são menos sensíveis. O diagnóstico de apendicite aguda baseia-se no estudo anatomopatológico com com achado de infiltração de neutrófilos na camada muscular. A despeito dos critérios para diagnósticos, 15 a 25% dos casos das apendicectomias indicadas por apendicite aguda não apresentam inflamação aguda no exame histológico. A elevada frequência de apendicectomias “brancas” pode estar associada à facilidade da técnica cirúrgica e o aumento da mortalidade descrita nas apendicites perfuradas e sepses. O projeto de pesquisa proposto trata-se de um estudo transversal retrospectivo, feito por meio de análise dos laudos anatomo-patológicos dos produtos de apendicectomias de casos com diagnóstico clínico de apendicite aguda tratados entre os anos de 2009 e 2011 e revisão das lâminas histológicas dos arquivos do serviço de Anatomia Patológica as Santa Casa de Misericórdia de Santos. Este projeto será submetido à Comissão de ética e pesquisa da ICSMS.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 15 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.