APRIMORAMENTO GENÉTICO EM ORGANISMOS AQUÁTICOS PARA MELHOR APLICABILIDADE NA SOCIEDADE

Lucas de Mendonça Rhormens, Bianca Agamenon Monfardini, Larissa Cézar Santiago, Cleide Barbieri de Souza

Resumo


A biotecnologia se dá pela aplicação das tecnologias que utilizam organismos vivos com o fim de criar ou modificar produtos para fins específicos. Embora o ser humano utilize-a há milhares de anos, os conhecimentos em diversas áreas científicas como bioquímica e biologia molecular e, em especial, os relacionados à molécula de DNA, revolucionaram as estratégias de manipulação dos ácidos nucleicos dos organismos, possibilitando sua modificação genética. Atualmente tem-se como praticável a modificação no DNA de várias espécies, desde microrganismos, plantas e até mesmo animais. O presente trabalho propôs analisar um apanhado de utilizações de organismos aquáticos geneticamente modificados, alertando também sobre os riscos envolvidos na transgenia e formas de contê-los.

GENETIC ENHANCEMENT IN AQUATIC ORGANISMS FOR BEST APPLICABILITY IN SOCIETY

Biotechnology is the application of technologies that use living organisms to create or change products for specific purposes. Although the human being used it for thousands of years, the knowledge in many scientific areas like biochemistry and molecular biology, and especially those related to the DNA molecule, revolutionized the strategies of manipulation of the organisms’ nucleic acids, allowing their genetic modification. Currently, it is possible to change the DNA of several species, from microorganisms, to plants and even animals. The present work proposes to analyze a collection of uses of genetically modified aquatic organisms, also warning about the risks involved in the transgeny and ways of containing them.


Palavras-chave


biotecnologia; ogm; peixes

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.