PADRÃO DO CONSUMO DE ÁLCOOL EM PUÉRPERAS INTERNADAS EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA DA BAIXADA SANTISTA E REPERCUSSÕES NEONATAIS

Helena Pladevall Moreira, Camila Lopes Ianni, Carolina Bittencourt, Isabella Sartori, Wanessa Sasse, Rogério Guidoni

Resumo


Objetivo: Verificar o padrão do consumo alcoólico de puéperas internadas e analisar as suas respectivas repercussões neonatais. Método: Trata-se de um estudo transversal realizado em 2018. Aplicou-se um questionário destinado às puérperas internadas no Hospital Guilherme Álvaro. O questionário utilizado foi o AUDIT (Alcohol Use Disorders Identification Test) e também foram analisados os prontuários dos neonatos. Resultado: Segundo o AUDIT, 94,2% das puéperas foram classificadas como consumidoras de baixo risco, 4,7% como uso de risco, 1,2% como uso nocivo e nenhuma foi classificada como provável dependência. O valor descritivo para associação de perimetro cefálico com uso de álcool pela paciente foi estatisticamente significativo. Conclusão: A maioria das puéperas entrevistadas foram classificadas como consumidoras de baixo risco. Além disso, foi possível indicar associação entre consumo alcoólico e o perímetro cefálico reduzido.

STANDARD OF ALCOHOL CONSUMPTION IN HOSPITALIZED PUERPERAE IN A “BAIXADA SANTISTA” REFERENCE HOSPITAL AND NEWBORN REPERCUSSIONS

Objective: to verify the profile of alcohol consumption of puerperae hospitalized and analysis newborn’s repercussions. Method: This is a cross-sectional study that was made ln 2018. A questionnaire was sent to the postpartum women hospitalized at the Guilherme Álvaro Hospital during this period. The questionnaire used was the Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT). In addition, the charts of the newborns were analyzed. Results: Based on the AUDIT questionnaire, 94.2% of the puerperae were classified as low risk consumers, 4.7% as risk use, 1.2% as harmful use and none classified as a probable dependence. The descriptive value of cephalic perimeter association with the patient’s alcohol use was statistically significant. Conclusion: Most of the puerperae interviewed were classified by the AUDIT questionnaire as low-risk consumers. In addition, it was possible to indicate an association between alcohol consumption and reduced cephalic perimeter. 


Palavras-chave


audit; puérperas; repercussões neonatais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.