Efeitos da isoflavona em comparação ao uso da metformina na síndrome do ovário policístico

Milena Lourenço Coleta Fernandes, Maurício Pereira Gouvinhas, Thiago de Arruda Souza

Resumo


A síndrome do ovário policístico é um distúrbio metabólico que atinge cerca de 5 a 10% da população feminina em idade reprodutiva. É caracterizada por anovulação, ovários policísticos e hiperandrogenismo causado por um distúrbio hormonal decorrente da ação direta dos receptores ovarianos da insulina, principalmente. Pode levar à infertilidade feminina e é considerada um fator de risco para doenças cardiovasculares, diabetes mellitus tipo 2, neoplasias de endométrio, dislipidemias e síndrome metabólica. O diagnóstico é dado por exclusão de outras doenças por causa de sua heterogeneidade. O tratamento da hiperandrogenemia é realizado com medicamentos que aumentam a sensibilidade à insulina e reduzem a hiperinsulinemia para que haja regulação dos ciclos menstruais, melhoria na ovulação e redução dos níveis circulantes de androgênios, como a metformina e as isoflavonas. Porém a metformina, além de auxiliar no tratamento da SOP, traz também reações adversas gastrointestinais à paciente quando utilizada em grandes quantidades e em longo prazo. O mesmo não acontece quando a metformina é substituída pela isoflavona, um fitoestrógeno encontrada na soja, que vem sendo usado como alternativa no tratamento de doenças estroprogestativas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.