UM DEBATE SOBRE AVALIAÇÃO E A INSERÇÃO DE SABERES POPULARES NOS CURRÍCULOS DAS CIÊNCIAS DA NATUREZA

Soraia John da Silva, Edson Soares Gomes

Resumo


Currículo e avaliação são dois elementos do processo de ensino e aprendizagem que estão intrinsecamente articulados. Entre muitas outras questões, o currículo contempla as aprendizagens a serem realizadas em um curso, e a avaliação tem como pretensão comprovar se as metas foram alcançadas. Há quem diga que avaliar seja o mesmo que examinar. Este artigo discute esses termos trazendo importantes autores para ajudar nesta reflexão. Avaliação tem como foco todo o processo de ensino-aprendizagem, buscando mostrar para o professor e para o aluno – que também deve ser ativo e responsável por este processo – os sucessos e fracassos que têm ocorrido ao longo do caminho. O que pode ser observado através de estudos anteriores é que muitos professores, sobretudo educadores das Ciências da Natureza, têm feito uma avaliação inadequada de seus alunos, focando muito mais no produto do que no processo, e tendo como principal propósito, a classificação. Este artigo alerta para a necessidade de se repensar a avaliação e de se inserir no currículo das escolas e universidades, elementos que contribuam para uma melhoria no processo de ensino e aprendizagem, como os saberes populares. 

A DEBATE ABOUT EVALUATION AND THE INSERTION OF POPULAR KNOWLEDGE IN THE CURRICULA OF THE SCIENCES OF NATURE

Curriculum and assessment are two elements of the teaching-learning process that are intrinsically articulated. Among many other issues, the curriculum contemplates the learning to be carried out in a course, and the assessment intends to verify if the goals have been reached. Some say that evaluating is the same as examining. This article discusses these terms bringing important authors to assist in this reflection. Assessment focuses on the whole teaching-learning process, trying to show the teacher and the student - who must also be active and responsible for this process – the successes and tailures that has occurred along the way. What can be observed from previous studies is that many teachers, especially nature science educators, have made an inadequate evaluation of their students, focusing much more on the product than on the process, and having as main purpose, the classification. This article alerts to the need to rethink the evaluation and to be inserted in the curriculum of the schools and universities, elements that contribute to an improvement in the process of teaching and learning, such as popular knowledge.


Palavras-chave


avaliação; saberes populares; ciências

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.